Comentários dos Clientes

Em 18/02/2017, às 22:03,
Denis comentou:
 
Faz mais ou menos um ano desde a minha última sessão. Não que eu tenha me dado “alta”, mas, por motivos diversos, precisei ‘dar um tempo’. Não foram muitas sessões, mas foram essenciais para que eu aprendesse a me tornar um ser melhor a cada dia. Guardo com imensa gratidão os momentos de conversa com o Antonio e continuo a utilizar muitas das técnicas ensinadas por ele. A paz que esse cara transmite é invejável e contagiante. É impossível sair de seu consultório e não notar diferença, mesmo na primeira sessão. Foi durante nossas conversas que aprendi que o sofrimento é uma opção e não uma consequência ou um carma, e principalmente que a dor, a raiva, a frustração e o sofrimento não pagam minhas contas. Enfim, mais que uma fonte de ajuda, uma boa conversa com o Antônio é algo mais que agradável. Antônio, espero reencontrá-lo em breve!!!
Forte abraço!
Denis
__________________________________________________
Em 13/07/2017, às 19:55.
Hideraldo comentou:
 
Eu me sinto bem falando com você, Antonio. Volto pra casa mais leve.
__________________________________________________
Em 13/10/2011, às 23:44,
Janaína comentou:
 
Val…
Obrigada pela ajuda, pelo carinho e principalmente pela paciência! O Núcleo tem grande importância em minha vida!
“Nada é por acaso…”
Aos visitantes…
Análise é algo importante, que todo ser humano deveria fazer… foi difícil aceitar que eu precisava fazer! Mas hoje não largo por nada! As conversas, os desabafos, abriram idéias e caminhos que antes eu não enxergava… que conversas com amigas e familiares não mostravam… onde sentimentos não são envolvidos… onde é preciso olhar com a razão! Eles sabem fazer isso!!!
__________________________________________________
Em 04/08/2016, às 15:01,
Regina Lopes comentou:
 
Como será possível, em poucas palavras, definir um ser humano que me ouviu e sentiu minha dor tirando-me do fundo do poço e fazendo com que eu enxergasse uma janela no fim do túnel? Esta pessoa maravilhosa e iluminada é o Dr. Antonio Belamoglie.
Muita Gratidão.
__________________________________________________
Em 19/12/2016, às 12:42,
Wellington comentou:
 
Nossa!!! Meus parabéns, Antônio! Ela saiu renovada. Parece outra Carol. Estou feliz com um resultado tão grande logo no primeiro dia!
Wellington
__________________________________________________
Em 27/06/2016, às 15:38,
Gustavo comentou:
 
Antônio
Quero manifestar o quanto nossas sessões tem contribuído para o meu crescimento pessoal e profissional.
Quando cheguei no seu consultório, no início dos nossos encontros, eu era um ser humano muito mais “raso” comparado com hoje: tinha problemas de relacionamento, certos conceitos de vida eram míopes e, profissionalmente, minha vida não era maximizada. O trabalho começou e, passo a passo, eu fui me ajustando e crescendo usando como ferramentas sua sabedoria, técnicas, ensinamentos e experiência de vida. Você buscou sempre despertar todo o meu potencial, me levando a ter consciência disso e confesso que hoje sou uma pessoa muito mais “agigantada”, que se atém ao que realmente importa e melhorei imensamente como enfrento qualquer situação na vida. Todos estamos nesse mundo para evoluir e temos que extrair o máximo de todas experiências de vida (agradáveis ou desagradáveis) e você vem me ajudando nessa jornada. Como já lhe disse inúmeras vezes: durante o caminho antes de alguns de nossos encontros me perguntava o que eu iria discutir com você, o que iríamos conversar, qual ponto seria tratado buscando uma razão para nos reunirmos, mas, providencialmente mesmo em meio a minha ausência de assunto, SEMPRE você veio com palavras de crescimento.
Deixo aqui meu muito obrigado e recomendo para aqueles que estiverem lendo esse comentário para que se inspirem e marquem uma consulta. Fazer esse trabalho de evolução com o Antônio é, certamente, uma mudança de vida para muito melhor.
Gustavo
__________________________________________________
Em 24/05/2012, às 16:02,
Angela comentou:
 
Boa tarde, Antonio:
Aproximadamente um ano atrás, tive uma crise no meu casamento que estávamos praticamente separados. Entrei em desespero. Fui buscar ajuda na internet. Achei o teu telefone e te liguei. Comecei a chorar e a te contar, pois, naquela noite, o Fernando estaria saindo de casa. Você me orientou a convencê-lo a não sair antes de falar com você. Marquei com você para a semana seguinte. Eu tinha dois desafios: um era conseguir convencê-lo a ficar em casa, o outro era ir ao terapeuta de casal.
Chegamos ao seu consultório, começamos a conversar… “discutir”… falando mais claro. Você ficou só escutando. Quando paramos de discutir, você começou a falar. Naquele momento, você falou coisas que mudaram o rumo da minha vida e a do Fernando. Eu estava desesperada, pois não tinha dinheiro para pagar nenhuma consulta, e fizemos apenas aquela sessão inicial… foi maravilhoso!!!
Depois disso, quando temos algum tipo de desentendimento, eu ou ele sempre falamos “olha a periferia!!!”, nos referindo a uma coisa que você nos disse que ficou marcada em nossas vidas: “vocês estão olhando para a periferia das suas vidas… e o que existe na periferia? Na periferia de nossas vidas, há apenas problemas e coisas ruins. Temos que olhar para o nosso centro, onde está fonte da vida, onde encontramos a paz”.
Quero te agradecer muito pelo direcionamento que deu às nossas vidas. Neste momento, estou te indicando aos meus amigos Amanda e Leonardo. Espero que eles tenham a mesma compreensão que tivemos.
Obrigada.
__________________________________________________
Em 21/03/2017, às 10:04,
Flora comentou:
 
Bom dia Antonio. Gostaria de agradecer imensamente sua atenção ontem. Com poucas palavras vc nos deu alguns tesouros. Infelizmente não teremos condições de fazer a terapia agora. Mas iremos atrás de ler seus livros e assim que possível voltaremos a te procurar. Apesar dos conflitos, temos aquele “fio de aço” que nos mantém unidos como casal… como você diz. Obrigada por nos ajudar a enxergá-lo.
Abraços.
Flora e Aguinelo.
__________________________________________________
Em 15/06/2015, às 10:00,
Tania comentou:
 
Antonio,
Você pra mim sempre será muito mais do que um psicanalista. Você foi um grande mestre e é um grande amigo que me ensinou coisas que eu jamais esquecerei. De coração, o meu muito obrigada, que Deus te abençoe e te recompense por tudo o que você faz pelas pessoas. Foi um privilégio pra mim conhecer uma pessoa como você. A gente se vê.
Um grande abraço.
Tania
__________________________________________________
Em 30/09/2016, às 18:44,
M. E. Yousef comentou:
 
Boa noite, Antonio, tudo bem?
Eu estou muito bem, graças a Deus!
Gostaria de pedir a você para me incluir na lista de casamentos salvos, por favor! Eu estou muito feliz com o meu casamento. Está muito melhor do que antes. Com muito gosto, estou compartilhando com você a minha felicidade, porque você teve uma importância muito grande na solução do meu problema.
Muito obrigado por tudo e um grande abraço!
__________________________________________________
Em 28/04/2015, às 10:47,
Guilherme comentou:
 
O Antonio é um excelente profissional, para quem busca uma vida leve… com muita Paz!
Guilherme
__________________________________________________
Em 19/12/2014, às 14:18,
Anderson Lima comentou:
 
Oi pessoal,
Eu só tenho 25 anos e já aprendi tantas coisas com o Antonio… Nem consigo descrever o bem que me faz. Quando saio da terapia é como se tivesse injetado uma dose de força e energia ULTRA positivas. Ele nos passa uma paz imensa e mostra que qualquer problema é só uma lição que precisamos aprender. Se aprendermos, vamos seguir em frente. Nada mais me deixa maluco de stress ou com medo. Nós temos o poder de resolver qualquer coisa. E, como ele me disse uma vez, “nós podemos ser felizes agora mesmo… não precisamos esperar ir pro céu para sermos felizes!!!”.
Ele também tem me ajudado muito no meu relacionamento de quase 11 anos, e que estava meio ‘pra-baixo’. Estamos melhor do que nunca, até parece que somos o casal mais unido do mundo… rsrsrs. Sem contar a minha empresa. Eu tinha alguns problemas com meus dois sócios e as coisas que aprendo com o Antonio eu levo até eles, e tudo vai criando uma sintonia incrível.
Sem sombra de dúvidas vale muito a pena ir à terapia…
Antonio, você está de PARABÉNS, tanto como pessoa quanto com suas terapias.
Valeu mesmo pela força… e até o ano que vem…
Sucesso, paz e amor a todos.
__________________________________________________
Em 28/02/2014, às 09:45,
Karyna comentou:
 
Dr. Antonio, meu amigo:
É assim que considero você. O meu casamento estava em uma crise bem difícil, pois meu marido não tinha certeza se queria ficar ainda casado. Aí, ele sugeriu fazer terapia. Não conhecíamos nenhum profissional. Foi quando uma amiga me indicou você, Dr. Antonio. Fizemos as primeiras sessões ainda com pouco efeito no meu marido. Mas, não desistimos. Eu sempre tive a certeza do que queria, que era um casamento sólido. Então, começamos a batalha para ajudar o meu marido a sair da confusão no seu coração; porque não éramos só nós dois, temos um filho de 5 anos que precisa de uma família estruturada. As coisas foram bem duras. Passaram-se algumas semanas e eu já estava perdendo as esperanças; emagreci 12 quilos em 1 mês.
Você, Dr Antônio, sempre muito atencioso, conseguiu fazer meu marido enxergar o casamento de uma maneira prazerosa… até que num belo dia as coisas começaram a mudar – o meu marido me fez uma proposta, e eu, lógico, aceitei. A minha família unida era muito importante.
Hoje em dia nós estamos super bem, o meu marido continuou a terapia; eu tive alta. Mas, agora, que já se passou um ano do começo do tratamento, eu estou voltando à terapia para manter essa harmonia no nosso lar. Resolvi escrever a minha experiência para que outros casais, que se amam, nunca desistam do seu casamento.
Agradeço, todos os dias, por ter conhecido esse profissional maravilhoso, atencioso, dedicado, amigo, que estará em nosso coração para sempre.
Dr. Antônio, obrigada por tudo, meu sempre amigo!
Karyna
__________________________________________________
Em 10/01/2012, às 08:27,
Rodrigo comentou:
 
Antonio,
Eu nunca quis fazer terapia. Sempre ouvi dizer que, quem começa uma terapia, fica o resto da vida fazendo. Como executivo, estou acostumado a soluções rápidas. Mas o meu casamento estava por um fio e eu precisava fazer alguma coisa. Naquele primeiro encontro, quando você falou que, em 4 sessões, nos “colocaria de pé” era tudo o que eu precisava ouvir. Naquele mesmo dia, na volta pra casa, ainda no carro, eu e a Cybele tomamos a nossa decisão de fazer a terapia de casal… Foi a melhor coisa que fizemos. Como você mesmo diz, já estamos de pé mas ainda “carregando alguns pesos nas mãos”, que vamos tirando um-a-um, a cada sessão. Não consigo imaginar outra mulher na minha vida que não seja a Cybele. Voltamos o nosso diálogo, os carinhos, a parceria… Sei que ainda temos um caminho a percorrer, mas sei também que você nos dará as “setas” que deveremos seguir.
Um forte abraço e muito obrigado!
__________________________________________________
Em 04/01/2012, às 21:36,
Michelle comentou:
 
Antonio,
Com certeza e definitivamente, em tão pouco tempo de terapia, já posso dizer a quem quiser ouvir que sou uma pessoa completamente diferente! Nossa vida está passando por diversas transformações… todas maravilhosas. A maneira como pensamos hoje faz com que nossos dias, nossas ações e nossas decisões sejam mais equilibradas, sensatas e focadas. Eu e o Thiago agradecemos por cada encontro, cada conselho… Desde que começamos nossa terapia de casal, nossa vida está cada vez melhor!!!
Um beijo enorme!!!
Michelle
__________________________________________________
Em 23/02/2012, às 09:57,
Raisa comentou:
 
Admito que não acreditava muito em terapia. Mudei meu conceito. Em exatamente 4 sessões eu mudei meu jeito de pensar.
Não existe milagre, claro! Mas comecei a parar e pensar e tomar atitudes que antes não tomava…
O meu maior problema de fato era meu relacionamento. Hoje sei lidar com coisas simples de qualquer relacionamento e os tornei acima de tudo feliz e saudável… Acredito que devemos tentar de tudo antes de desistir de um problema.
Graças a Deus encontrei um rumo na terapia.
Agradeço imensamente ao Antonio…
Beijo
__________________________________________________
Em 12/03/2012, às 17:06,
Reinaldo comentou:
 
Uma vez ouvi uma citação: “Quando você não sabe para onde vai, qualquer caminho é errado”.
Agradeço ao Antônio por me ajudar tanto a encontrar meu caminho e saber para onde vou. Nesses 3 meses de trabalho, pude melhorar muito a minha forma de ver a vida, analisar o que acontece, saber dar a devida importância a cada coisa.
Dou todas as minhas recomendações a quem estiver interessado.
Um abraço,
Reinaldo
__________________________________________________
Em 12/04/2012, às 10:55,
Danilo comentou:
 
Quero confessar uma coisa: Eu tinha vergonha de fazer terapia. Eu tinha vergonha que meus amigos soubessem. Eu achava que apenas a minha mulher precisava fazer terapia, que o problema era dela. Até que perdi a Wanessa… Aí, quando eu pensava que havia “me livrado” de um problema, “me livrado” daquele casamento que eu achava um peso na minha vida, eu caí no ponto mais fundo de minha tristeza… Ficar só, estar livre para a vida, estar livre para todas as mulheres do mundo, não foi o que eu pensava… Naquele momento, eu chorei… Então, procurei pelo cartão do Antonio que eu havia atirado numa gaveta, quando minha mulher me entregou como última chance de salvar o nosso casamento… Que bom! Que bom que a Wanessa também estava fazendo terapia… Que bom que eu pude falar novamente com a Wanessa com a ajuda de alguém que compreende o que se passa na cabeça de quem só pensa em si mesmo, nas “falsas liberdades”… Ao Antonio, o meu mais profundo “obrigado!”.
__________________________________________________
Em 01/04/2015, às 10:23,
Anderson comentou:
 
Fui até o Antonio por uns 2 ou 3 meses. Desde o primeiro dia, já me sentia uma outra pessoa. As coisas começaram a dar tão certo na minha vida (casamento e empresa) que tive que parar de ir, fiquei sem tempo porque minha empresa estava indo muito bem e cheia de trabalho.
No meu relacionamento, não tenho palavras para descrever como as coisas estão maravilhosamente bem.
Eu recomendo MUITO. Se você estiver pensando em melhorar a sua vida, corre lá pro Antonio.
Antonio, a Rúbia e eu agradecemos muito pela sua ajuda. Estamos praticando o que você ensinou todos os dias.
Espero que você esteja muito bem.
Abraço.
__________________________________________________
Em 26/04/2012, às 19:54,
Zilda Helena comentou:
 
Caro Antonio,
Quero agradecer por tudo de bom que tem feito por mim.
Em tão pouco tempo de terapia, sinto que estou me fortalecendo e me tornando mais preparada para decidir o que desejo.
Cada dia é um aprendizado. Cada dia uma coisa boa acontece. E sei que irá acontecer muito mais.
Agradeço de coração.
Zilda Helena
__________________________________________________
Em 27/04/2012, às 09:54,
Marcella e Renata comentaram:
 
Queremos, juntas, dizer que encontramos aqui no Núcleo pessoas que nos olham como seres humanos. Que compreendem a nossa condição e sabem lidar com ela com naturalidade. Viemos aqui para tratar de sentimentos, de emoções, de relacionamentos, de traumas e não para sermos questionadas quanto à nossa orientação sexual. E é assim que estamos sendo tratadas… como pessoas normais que somos!
Um beijo no coração.
Marcella e Renata
__________________________________________________
Em 21/06/2012, às 21:03,
Jamis Matos comentou:
 
Olá Antonio,
Muito obrigado! Estou muito feliz por você fazer parte da história da minha vida!!!
Um excelente especialista, um ser humano incrível. Em apenas 20 dias, conseguiu resgatar minhas possibilidades, que ficaram inertes por quase 14 meses.
Devolveu as cores ao meu dia e me fez enxergar com simplicidade a vida.
Estou muito feliz e sou muito grato por tudo.
Jamis M.
__________________________________________________
Em 25/06/2012, às 14:38,
Rogério comentou:
 
O Antonio apareceu na minha vida num momento bem delicado. Estava totalmente perdido e sem saber por onde começar. Eis que após 4 sessões minha vida tomou um rumo que nem o mais otimista imaginava. Autoestima lá em cima, espírito renovado e, o mais importante, “com o terreno limpinho”. Agradeço imensamente por todas as palavras que as seguirei por toda a vida.
Até breve, Antonio, pois sei que nunca esquecerei seus ensinamentos.
__________________________________________________
Em 22/07/2012, às 20:55,
Débora comentou:
 
Mais uma vez, obrigada! Eu tinha que compartilhar: recebi uma ligação da mãe de uma paciente que venho há 3 meses tratando de problemas respiratórios. Na sexta feira, utilizei com ela a técnica que aprendi com você… Hoje a mãe me ligou e disse que ela melhorou muito! Bom, continuo o tratamento…
Sou grata! Levo comigo por toda a vida, aplicando em tudo… obrigada!
Abraços,
Débora
__________________________________________________
Em 08/10/2012, às 21:03,
José Antonio Luiz comentou:
 
Antonio!!
Parabéns pelo grande profissional que tu és. Tive a grata oportunidade de conhecer seu trabalho em psicoterapia. Achei muito eficaz suas técnicas, realmente valiosas. Trabalha com a nossa essência e resgata a nossa autoestima. Os resultados são muito positivos e verdadeiros! Elevado grau de seriedade e dedicação para com a pessoa. É isso ai!!! Recomendo muito você a todos,
José A Luiz
__________________________________________________
Em 09/10/2012, às 18:58,
Valéria Recco Luiz comentou:
 
Olá Antonio!!!
Sou grata por ajudar a mim e ao meu marido a concretizar nossos sonhos, de forma simples, considerando a grandeza que cada um pode conquistar e aplicar no dia a dia. Seu trabalho é do bem e faz muito bem conviver contigo. Eu o indico às pessoas que necessitam de orientação individual ou de casal, porque mudou a minha vida.
Valéria Recco Luiz
__________________________________________________
Em 19/02/2013, às 14:31,
Priscila Tebet Fumo D’Araujo comentou:
 
Querido Antonio, meu terapeuta amigo, me ajudou a encontrar o rumo quando nada na minha vida parecia mais fazer sentido, ou quando simplesmente me perdi, por minha culpa. Antonio, com toda clareza, didática e paciência, me ajudou a “limpar” o que me impedia de crescer, e seus ensinamentos seguirão comigo para todo sempre.
Amigo, obrigada. Te amo.
__________________________________________________
Em 15/05/2014, às 09:08,
Gabriel comentou:
 
Bommmm diaaa
Deu pra notar como estou melhor, né?… rsrsrs
Só para agradecer por ontem… nos fez muito bem… e foi só o primeiro dia.
Forte abraço e um ótimo dia de trabalho para o Sr… que ajude a mais pessoas no dia de hoje tbm…
Gabriel
__________________________________________________
Em 02/12/2014, às 17:56,
Rodrigo comentou:
 
Em 2014, tive um ano profissional complicado que afetou muito minha vida pessoal e, principalmente, minha saúde. O Antonio me ajudou demais a gerenciar e a controlar a fase turbulenta. Tive vontade de desistir da terapia, mas o Antonio sempre me deu força. Atravessada a fase turbulenta, muitos caminhos se abriram na minha vida e devo muito ao Antonio.
__________________________________________________
Em 29/07/2015, às 09:27,
Anderson comentou:
 
Boa tarde, Antonio. Tudo bem?
Se lembra de mim? O Anderson, da Rubia.
No dia em que nos vimos pela última vez, eu me senti um novo homem; desde então só agradeço por ter te conhecido.
Eu sou muito grato por conhecer você.
Obrigado por compartilhar bons conhecimentos comigo.
Você é um grande amigo.
Abraço!
Anderson Lima
__________________________________________________
Em 23/09/2014, às 08:31,
Cynthia comentou:
 
Sou estudante de Psicanálise Clínica. Localizei o seu site e me encantei com o que vi. Os textos apresentados são diretos e simples, sem complicação ou dificuldade para entender.
Ainda sei que tenho um longo caminho pela frente e muito o que aprender, mas, vendo o seu site, acredito que há uma luz no fim do túnel.
De repente, um consultório… uau!
Abraços,
Cynthia
__________________________________________________
Em 17/03/2016, às 10:45,
Cristina Macedo comentou:
 
Bom dia!
Fiz uma rápida leitura sobre os comentários acima e acredito que eu esteja no lugar certo. Eu nunca tive problemas em fazer terapia e acredito que todo homem/mulher deveria aderir a essa prática, tendo em vista os inúmeros problemas que enfrentamos no dia a dia, no trabalho, etc. Mas serei breve: Minha dúvida é: como convencer alguém que ele precisa fazer terapia? Meu namorado/noivo (francamente nem sei mais) tem inúmeros problemas emocionais, o que poderia caracterizá-lo como uma pessoa infantil e imatura, mesmo com seus 38 anos, mas sei que o problema é bem mais profundo… Sinto que não consigo administrar tantos problemas que temos (não com relação a diferenças, pois nos damos muito bem). São problemas que surgem do nada, sem grande importância, mas que ganham imensa proporção devido ao modo que ele reage aos mesmos. Nos separamos e voltamos 4 vezes, sinto que ele gosta verdadeiramente de mim; é um cara correto e responsável no trabalho, mas tem sérios problemas em administrar seus conflitos interiores. Se isola, é indiferente, enfim… Não há dúvidas de que ele precisa de terapia; já sugeri e pedi que ele fizesse isso, mas ele se recusa dizendo que conseguirá lidar com seus problemas, quando ele já deu inúmeras provas de que não. Confesso que, sem a terapia, a nossa relação não se sustentará, visto que os problemas emocionais dele têm me causado problemas também.
__________________________________________________
Escreva seu comentário no Formulário abaixo: